Home | Roteiros | Caminho Trentino

Caminho Trentino

Localizado cerca de 25km de curitiba, o inicio do Camino Trentino, situado na região metropolitana de curitiba, no município de piraquara.

Por
Tamanho da fonte: Decrease font Enlarge font

Seguindo pela BR 277, o trânsito não incomoda tanto, seja pelo barulho ou pelo movimento.
O início do trajeto, fica situado próximo ao pedágio que liga a capital às praias paranenses. Tem-se a placa com as identificações "Parque Trentino, Barragens e Carvalhinho".
A estrada toda de chão, assusta um pouco nos primeiros 30 metros, que numa subida íngreme e irregular dá a impressão de ser um caminho difícil, mas logo percebe-se que não. O trajeto é bom tranquilo, sem muitos surpresas, desde que na se tenha chovido nos ultimos 2 dias, pois a quantidade de poças poder ser um pouco grande, mas pelo menos não são profundas.
Andando-se umas duas horas, passa-se por uma bifurcação indicando as barragens I e II, que você pode pergar na volta, pois andando mais a frente chega-se numa outra bifurcação onde se indica o Morro do Canal, que é um morro, onde seu pico chega aproximados 1400 metros, onde praticantes do montanhimos se encontram para uma caminhada de certa forma leve, facilmente vencida até seu come até por alguém sem muito preparo físico. O outro lado da bifurcação, leva-se a aldeia Araça-i e Carvalhinho. Esse ponto merece uma observação, para se ter acesso aa Barragem do Carvalhinho, tem que portar uma autorização do IAP, pois logo após a passagem da entrada da aldeia indígena, chega-se em um portão fechado. Normalmente uma pessoa fica no local montando guarda, no dia em que estive passeado por lá, não tinha ninguém, mas não tem como pular o portão, pois moradores da região, que são índios, passam constantemente pelo local. Para que se tenha acesso à aldeia indígena Araça-i, tem que seguir as placas, pois ela não fica no mesmo trajeto normal do trajeto.
Voltando a aquela primeira bifurcação, você cai na barragem cayguava, no durante o percurso tem-se uma belissima visão da Barragem do Piraquara I, que ao lado do centro de educação ambiental, tem-se um observatório de uns 10 metros de altura. Mas não se tem acesso, pois todo o trajeto da barragem é guardada pelo SANEPAR, que inclusive te proibe de tirar fotos. O negócio é você tirar as fotos e fazer de conta que não sabe. Isso incomoda um pouco, pois tem-se uma visão muito bonita da parte de traz da barragem cayguava.
Com cerca de uns 30 minutos da barragem, chega-se na vila Santa Maria. Daí, tem-se a opção de ida até o contorno sul ou pegar um outro caminho do volta a BR 277. Escolhi voltar, pegando-se a estradinha ao lado da igreja da Vila Santa Maria, pois até aí terá passado uns 30 km, e onde se anda mais 1hr aproximadamente, até que chegue novamente a BR 277 próximo a fabrica RENAULT.
Outro ponto de partida para o Caminho Trentino é pela estação de trem de piraquara, que leva ao Paraíso das Trutas, um restaurante que lhe receberá no final do trajeto lhe oferecendo uma deciosa truta grelhada. Da linha do trem até o restaurante são 8 km, ou seja, um passeio de fácil percurso onde qualquer um pode fazer. De curitiba a piraquara são 20km. No ponto de partida, e onde quem vem pedalando de curitiba, é ponto de parada quase que obrigatória para um descanço ou um lanchinho rápido, já que o local possui lanchonete. 
Daí para frente, passeio tranquilo até a entrada do Condomíno Recreio da Serra, onde se localiza o restaurante, no pé da serra do mar.

Duas opções de passeio com diferentes objetivos, um bem mais tranquilo e outro mais puxadinho por ser mais longo, mas nada impossível de se vencer. Talvez você possa associar a uma terceira opção, a do Morro do canal, mas seria um desgaste muito grande e desnecessário, tornando o passeio cansativo demais.

Espero ter ajudado na dica. Tem algumas fotos do Caminho Trentino em meu álbum, e qualquer coisa, podem me mandar um email ou post.

Abraço a todos.

Postado por Leandro Johele Ramos